WebRádio Trindade Santa: Dezembro 2009

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL e 2010



Amigos da Trindade Santa, Graça e Paz.
Queremos nesta singela mensagem desejar a vocês que nos acompanharam no decorrer de 2009 diante de nossas alegrias e tristezas, diante de nossos tropeços e vitórias, que realmente fizeram parte da vida deste canal de Evangelização Católico Um Feliz Natal, Cheio da Alegria e da Presença de Deus. Que todos tenhamos um 2010 repleto da Força e da Coragem de Deus para Evangelizar sem temor e sem medo de mostrar o Amor de Deus aos irmãos.
Que possamos convidar o Deus Menino a fazer parte de nossa Ceia Natalina e que a Família de Nazaré partilhe conosco este momento tão especial.
Louvamos a Deus pela participação dos amigos e ouvintes da Trindade Santa e Pedimos a Ele que venha abençoar a todos.

Equipe Trindade Santa - Ele está no meio de nós!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Oração A Nossa Senhora Desatadora de Nós


VIRGEM MARIA, MÃE DO BELO AMOR, MÃE QUE JAMAIS DEIXA DE VIR EM SOCORRO A UM FILHO AFLITO.

MÃE CUJAS MÃOS NÃO PARAM NUNCA DE SERVIR SEUS AMADOS FILHOS, POIS SÃO MOVIDAS PELO AMOR DIVINO E A IMENSA MISERICÓRDIA QUE EXISTEM EM TEU CORAÇÃO, VOLTA O TEU OLHAR COMPASSIVO SOBRE MIM E VÊ O EMARANHADO DE NÓS QUE HÁ EM MINHA VIDA.

TU BEM CONHECES O MEU DESESPERO, A MINHA DOR E O QUANTO ESTOU AMARRADO POR CAUSA DESTES NÓS. MARIA, MÃE QUE DEUS ENCARREGOU DE DESATAR OS NÓS DA VIDA DOS SEUS FILHOS, CONFIO HOJE A MINHA VIDA EM TUAS MÃOS.

NINGUÉM, NEM MESMO O MALIGNO PODERÁ TIRÁ-LA DO TEU PRECIOSO AMPARO. EM TUAS MÃOS NÃO HÁ NÓ QUE NÃO PODERÁ SER DESFEITO.

MÃE PODEROSA, POR TUA GRAÇA E TEU PODER INTERCESSOR JUNTO A TEU FILHO E MEU LIBERTADOR, JESUS, RECEBE HOJE EM TUAS MÃOS ESTE NÓ.....

(faça aqui seu pedido e desata o primeiro nó) PEÇO-TE QUE O DESATES PARA A GLÓRIA DE DEUS, E POR TODO O SEMPRE. VÓS SOIS A MINHA ESPERANÇA.

Ó SENHORA MINHA, SOIS A MINHA ÚNICA CONSOLAÇÃO DADA POR DEUS, À FORTALEZA DAS MINHAS FRACAS FORÇAS, A RIQUEZA DAS MINHAS MISÉRIAS, A LIBERDADE, COM CRISTO, DAS MINHAS CADEIAS. OUVE MINHA SÚPLICA.

GUARDA-ME, GUIA-ME, PROTEGE-ME, Ó SEGURO REFÚGIO!

MARIA, DESATADORA DOS NÓS, ROGAI POR MIM A DEUS.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

SEMINÁRIO NA SEDE DA CNBB EXIGE APROVAÇÃO IMEDIATA DA CAMPANHA FICHA LIMPA


O seminário “Ficha Limpa em Questão – para discutir é preciso conhecer”, que aconteceu na tarde de ontem, 1° de dezembro, na sede da CNBB, em Brasília, destacou os principais pontos da Campanha Ficha Limpa: seus objetivos, novidades com relação a lei anterior, Lei 64/90, e os valores em favor da sociedade.

O secretário-geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, afirmou durante sua fala, aquilo que já vem repetindo desde o ano passado, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). “O que queremos com essa nova lei é que os candidatos se apresentem à população com suas fichas limpas, que tenham conduta para se candidatarem a cargos públicos. Não se trata de uma campanha contra o mandato de políticos, mas sim em favor da democracia. É por isso que exigimos a aprovação imediata da nova lei”.

O seminário também teve a presença do secretário adjunto da Comissão Brasileira de Justiça e Paz (CBJP), organismo vinculado à Conferência dos Bispos, Daniel Seidel, que falou da importância da participação popular, como elemento indispensável para a conquista da democracia e para o acompanhamento do controle social. “Hoje contamos com 40 organizações no MCCE, que lutam por uma articulação nacional que precisa da participação popular. Com esse projeto queremos defender a democracia contra a compra de votos e o uso da máquina administrativa”, sublinhou.

Durante o seminário, foi exposto também em painel, os principais pontos do projeto de lei de iniciativa popular e suas semelhanças com a Lei 9.840, que já cassou 238 prefeitos e vice-prefeitos e 119 vereadores, números com base em levantamento feito nas eleições de 2008. No painel, também foi colocado que o projeto torna mais rígidos os critérios de inelegibilidade, ampliando assim, o poder de alcance da Lei 64/90.

O jurista e ex-presidente do Conselho Federal da OAB, , destacou em seu discurso que o país não pode mais aceitar a falta de conduta na política brasileira e que os políticos devem desenvolver através de cargos públicos aquilo que eles prometeram honrar quando foram eleitos. “Não é mais admissível que se pratique nesse país estelionato eleitoral: essa é uma regra básica da política. O país precisa de pessoas de conduta regular e essa lei que está vindo, sendo aprovada quer dizer que as condutas irregulares devem ser varridas da política e os infratores devem ser condenados por seus crimes. É urgente que o Congresso o aprove e o presidente sancione essa iniciativa popular”, frisou o jurista.

Lavenère também alertou sobre a resistência da nova lei. “Esse novo projeto reflete para a sociedade que não podemos conviver com crimes que já tenham sentença em julgado [que passou por todos os recursos, foi julgado e o réu ainda não foi condenado]. Esse projeto clama para que os processos não passem 15 a 20 anos sendo engavetados e os criminosos continuem a ser beneficiados. É por isso que ele é tão necessário”, concluiu o jurista.

Ainda compondo a mesa, o jornalista e editor do site Congresso em Foco, falou sobre o trabalho do portal e de seu engajamento no mesmo trabalho que está sendo exercido pelo MCCE. O jornalista apresentou no fim de sua fala, alguns números de parlamentares que respondem processo na justiça. “Estamos engajados na Campanha Ficha Limpa, pois esse trabalho é coerente ao do site Congresso em Foco. Somos pioneiros no levantamento de processos de parlamentares. Cito aqui alguns números de nosso trabalho: em 2007, 101 parlamentares foram processados por falta de decoro. Em setembro desse ano, esse número subiu para 160. Hoje, 46 deputados federais e 7 senadores são réus movidos pelo Supremo Tribunal Federal”, enumerou.

Pressão

Para pressionar a votação e aprovação do Projeto no Congresso, o MCCE prepara uma grande mobilização na Câmara dos Deputados, no dia 9 de dezembro. Nesta data se comemora o Dia Mundial de Combate à Corrupção. Na ocasião, serão entregues mais de 100 mil assinaturas do Projeto de Lei de iniciativa popular que ainda chegam diariamente ao escritório do MCCE.

Fonte: CNBB



O CERCO DE JERICÓ.




“Pela fé caíram os muros de Jericó, depois de rodeados por sete dias.” Hebreus 11, 30.
“Os muros de Jericó caíram ao som das trombetas da oração”, afirmava La Pira em 1959, no regresso da primeira viagem que um político ocidental efetuava à Rússia, depois da guerra.

Torna-se cada vez mais comum as comunidades adoradoras fazerem o Cerco de Jericó. De que se trata?
Esta prática nasceu na Polônia. Consiste na oração incessante de Rosários, durante sete dias e seis noites, diante do Santíssimo Sacramento exposto.



A ORIGEM


De onde veio a inspiração paro o “Cerco de Jericó”? No Antigo Testamento, depois da morte de Moisés, Deus escolheu Josué para conduzir o povo hebreu. Deus disse a Josué que atravessasse o Jordão com todo o povo e tomasse posse da Terra Prometida. A cidade de Jericó era uma fortaleza inexpugnável. Ao chegar junto às muralhas de Jericó, Josué ergueu os olhos e viu um Anjo, com uma espada na mão, que lhe deu ordens concretas e detalhadas.
Josué e todo Israel executaram fielmente as ordens recebidas: durante seis dias, os valentes guerreiros de Israel deram uma volta em torno da cidade. No sétimo dia, deram sete voltas. Durante a sétima volta, ao som da trombeta, todo o povo levantou um grande clamor e, pelo poder de Deus, as muralhas de Jericó caíram… (cf. Js 6).
O Santo Padre João Paulo II devia ir à Polônia a 8 de maio de 1979, para o 91º aniversário do martírio de Santo Estanislau, bispo de Cracóvia. Era a primeira vez que o Papa visitava o seu país, sob o regime comunista; era uma visita importantíssima e muito difícil. Aqui começaria a ruína do comunismo ateu e a queda do muro de Berlim.
Em fins de novembro de 1978, sete semanas depois do Conclave que o havia eleito Papa, Nossa Senhora do Santo Rosário teria dado uma ordem precisa a uma alma privilegiada da Polônia: “Para a preparação da primeira peregrinação do Papa à sua Pátria, deve-se organizar na primeira semana de maio de 1979, em Jasna Gora (Santuário Mariano), um Congresso do Rosário: sete dias e seis noites de Rosários consecutivos diante do Santíssimo Sacramento exposto.”
No dia da Imaculada Conceição (8 de dezembro de 1978), Anatol Kazczuck, daí em diante promotor desses Cercos, apresentou a ordem da Rainha do Céu a Monsenhor Kraszewski, bispo auxiliar da Comissão Mariana do Episcopado. Ele respondeu: “É bom rezar diante do Santíssimo Sacramento exposto; é bom rezar o Terço pelo Papa; é bom rezar em Jasna Gora. Podeis fazê-lo.”
Anatol apresentou também a mensagem de Nossa Senhora a Monsenhor Stefano Barata, bispo de Czestochowa e Presidente da Comissão Mariana do Episcopado. Ele alegrou-se com o projeto, mas aconselhou-os a não darem o nome de “Congresso”, para maior facilidade na sua organização. Então, deu-se o nome de “Cerco de Jericó” a esta iniciativa.
O padre-diretor de Jasna Gora aprovou o projeto, mas não queria que se realizasse em maio por causa dos preparativos para a visita do Santo Padre. Dizia ele: “Seria melhor em abril.” “Mas a Rainha do Céu deu ordens para se organizarem esses Rosários permanentes na primeira semana de maio”, respondeu o Sr. Anatol. O padre aceitou, recomendando-lhe que fossem evitadas perturbações.
A Santíssima Virgem sabia bem que o Cerco de Jericó em maio não iria perturbar a visita do Papa, porque ele não viria. E, logo a seguir, as autoridades recusaram o visto de entrada no país ao Santo Padre, como tinham feito a Paulo VI em 1966. Consternação geral em toda a Polônia! O Papa não poderia visitar a sua Pátria.
Foi, então, com redobrado fervor que se organizou o “assalto” de Rosários. E, no dia 7 de maio, ao mesmo tempo que terminava o Cerco, caíram “as muralhas de Jericó”. Um comunicado oficial anunciava que o Santo Padre visitaria a Polônia de 2 a 10 de junho. Sabe-se como o povo polonês viveu esses nove dias com o Papa, o “seu” Santo Padre, numa alegria indescritível!
No dia de 10 de junho, João Paulo II terminava a sua peregrinação, consagrando, com todo Episcopado polonês, a nação polaca ao Coração Doloroso e Imaculado de Maria, diante de um milhão e quinhentos mil fiéis reunidos em Blonic Kraskoskic. Foi a apoteose!
Depois dessa estrondosa vitória, a Santíssima Virgem ordenou que se organizassem Cercos de Jericó todas as vezes que o Papa João Paulo II saísse em viagem apostólica. “O Rosário tem um poder de exorcismo”, dizem os nossos amigos da Polônia, “ele torna o demônio impotente.”
Por ocasião do atentado contra o Papa, em 13 de maio de 1981, os poloneses lançaram de novo um formidável “assalto” de Rosários e obtiveram o seu inesperado restabelecimento. Mais uma vez, as muralhas de ódio de Satanás se abatiam diante do poder da Ave-Maria.
Em várias partes do mundo estão sendo realizados agora Cercos de Jericó. A 2 de fevereiro de 1986, aquela mesma alma privilegiada recebia outra mensagem da Rainha Vitoriosa do Santíssimo Rosário: “Ide ao Canadá, aos Estados Unidos, à Inglaterra e à Alemanha para salvar o que ainda pode ser salvo.” Nossa Senhora pede que se organizem os Rosários permanentes e os Cercos de Jericó, se queremos ter certeza da vitória.
Assim pode-se organizar grupos de pessoas que se revezem de períodos em períodos de tempo, para que seja rezado o Rosário permanentemente durante as 24 horas durante os sete dias em que é feito o cerco de Jericó

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...