WebRádio Trindade Santa: Abril 2011

sábado, 30 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 30 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 30/04/2011

Maria Madalena foi anunciar

Mc 16,9-15

Ressuscitado na madrugada do primeiro dia depois do sábado, Jesus apareceu primeiro a Maria Madalena, de quem tinha expulsado sete demônios. Ela foi anunciar o fato aos seguidores de Jesus, que estavam de luto e choravam. Quando ouviram que ele estava vivo e tinha sido visto por ela, não acreditaram. Depois disso, Jesus apareceu a dois deles, sob outra aparência, enquanto estavam indo para o campo. Eles contaram aos outros. Também não acreditaram nesses dois. Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos, enquanto estavam comendo. Ele os criticou pela falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado. E disse-lhes: "Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa-Nova a toda criatura!".

sexta-feira, 29 de abril de 2011



DIA 29 DE ABRIL: DIA DE SANTA CATARINA DE SENA



Foi uma leiga da Ordem Terceira de São Domingos, venerada como Santa Catarina na Igreja Católica. Catarina de Siena foi ainda uma personagem influente no Grande Cisma do Ocidente.

Catarina nasceu em Siena, Itália no dia 25 de março do ano 1347, sendo a 24ª filha de um tintureiro chamado Giacomo di Benincasa. Os seus pais eram burgueses comerciantes, com forte sentido religioso e familiar, próprio do seu tempo.

Aos 7 anos de idade Catarina consagrou a sua virgindade a Cristo e aos 15 ingressou na Ordem Terceira de São Domingos. Catarina encarou a sua clausura com seriedade e vivia encerrada no seu próprio quarto, onde, por intermédio da oração e diálogo afirmava que estava sempre com e em Cristo. Catarina abandonou a sua cela somente em 1374, quando a peste se alastrou por toda a Europa e ela decidiu cuidar dos enfermos e abandonados, tendo praticado grandes actos de caridade. Nesse mesmo ano (1374), recebeu uma visão e ficou estigmatizada. Na visão Cristo lhe disse de d'ora em diante ela trabalharia pela paz, e mostraria a todos que uma mulher fraca pode envergonhar o orgulho dos fortes.

No ano 1376, quando toda a Itália estava envolvida em graves disputas políticas à volta do papado, organizaram-se nas cidades de Peruggia, Florença, Pisa e em toda a Toscânia milícias e revoltas contra o poder político do Papa Gregório XI. Catarina decidiu seguir até Avinhão, cidade onde os papas viviam desde há mais de 70 anos, e apresentar-se diante do mesmo para o convencer a regressar a Roma, pois que tal seria fundamental para a unidade da Igreja e pacificação da Itália. Tendo obtido esse grande sucesso em 1378, voltou para sua cidade, onde adoeceu e faleceu em 29 de Abril de 1380, dia em que se comemora a sua memória litúrgica. Tal sucesso foi no entanto de pouca duração, pois que a eleição seguinte tornou a mergulhar a cristandade em nova divisão: o Grande Cisma do Ocidente.

Embora analfabeta, Catarina ditou mais de 300 cartas endereçadas a todo o tipo de pessoas, desde papas, aos reis e líderes, como também ao povo humilde, onde lutava pela unificação da Igreja e a pacificação dos Estados Papais. Uma das suas obras ditadas, Diálogo sobre a Divina Providência, é um livro ainda hoje considerado um dos maiores testemunhos do misticismo cristão e uma exposição clara de suas ideias teológicas e espiritualidade.

EVANGELHO DO DIA 29 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 29/04/2011

"Vinde comer"

Jo 21,1-14

Depois disso, Jesus apareceu de novo aos discípulos, á beira do mar da Galiléia... Estavam juntos Simão Pedro, Tomé,...Natanael,.., os filhos de Zebedeu e outros dois discípulos dele. Simão Pedro disse a eles: "Eu vou pescar". Eles disseram: "Nós vamos contigo"... mas não pescaram nada naquela noite. Já de manhã Jesus estava aí na praia, mas os discípulos não sabiam que era Jesus. Ele perguntou: "Filhinhos, tendes alguma coisa para comer?" Responderam: "Não". Ele lhes disse: "Lançai a rede à direita do barco e achareis". Eles lançaram a rede e não conseguiam puxá-la para fora, por causa da quantidade de peixes. Então, o discípulo que Jesus mais amava disse a Pedro: "É o Senhor!" Simão Pedro, ouvindo dizer que era o Senhor... lançou-se ao mar. Os outros discípulos vieram com o barco... Quando chegaram à terra, viram umas brasas preparadas, com peixe em cima e pão... Jesus disse-lhes: "Vinde comer". Nenhum dos discípulos se atrevia a perguntar quem era ele, pois sabiam que era o Senhor. Jesus aproximou-se, tomou o pão e deu a eles. E fez a mesma coisa com o peixe...

quinta-feira, 28 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 28 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 28/04/2011

"A paz esteja convosco!"

Lc 24,35-48

Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como o tinham reconhecido ao partir o pão. Ainda estavam falando, quando o próprio Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: "A paz esteja convosco!" Eles ficaram assustados e cheios de medo, pensando que estavam vendo um espírito. Mas ele disse: "Por que estais preocupados, e por que tendes dúvidas no coração? Vede minhas mãos e meus pés: sou eu mesmo! Tocai em mim e vede! Um espírito não tem carne, nem ossos, como estais vendo que eu tenho". E dizendo isso, ele mostrou-lhes as mãos e os pés. Mas eles ainda não podiam acreditar, tanta era sua alegria e sua surpresa. Então Jesus disse: "Tendes aqui alguma coisa para comer?" Deram-lhe um pedaço de peixe assado. Ele o tomou e comeu diante deles. Depois disse-lhes:.."Assim está escrito: o Cristo sofrerá e ressuscitará dos mortos ao terceiro dia, e no seu nome será anunciada a conversão, para o perdão dos pecados, a todos as nações, começando por Jerusalém. Vós sois as testemunhas destas coisas.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 27 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 27/04/2011

Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles...

Lc 24,13-35

"...Dois dos discípulos iam para um povoado, chamado Emaús... Enquanto conversavam... Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles... perguntou: "O que andais conversando pelo caminho?"... Cléofas, lhe disse: "... Jesus, o Nazareno, que foi um profeta... o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram. Nós esperávamos que fosse ele quem libertaria Israel..." Então ele lhes disse: "Como sois sem inteligência e lentos para crer" E... explicou-lhes, em todas as Escrituras, as passagens que se referiam a ele. Quando chegaram perto do povoado... Ele entrou para ficar com eles. Depois que se sentou à mesa com eles, tomou o pão, pronunciou a benção, partiu-o e deu a eles. Neste momento, seus olhos se abriram, e eles o reconheceram... voltaram... contaram o que tinha acontecido no caminho, e como o tinham reconhecido ao partir o pão.

terça-feira, 26 de abril de 2011


DIA 26 DE ABRIL SE COMEMORA O DIA DE NOSSA Srª. DO BOM CONSELHO



Nossa Senhora, de pé sobre uma nuvem carregada por anjos, segurando o Menino Jesus no braço esquerdo. Usa sobre a túnica uma capa bordada.

A pequena cidade de Genazzano, situada próxima de Roma, no tempo dos primeiros imperadores cristãos foi doada aos papas. No século V, São Sixto III mandou construir ali uma igreja dedicada a Nossa Senhora do Bom Conselho, invocação proveniente talvez dos primórdios da cristandade, por ter sido a Mãe de Deus grande conselheira dos Apóstolos e da Igreja Nascente.
Com o passar dos tempos a velha capela ficou em ruínas e uma rica viúva, muito devota da Virgem Maria, resolveu reconstruí-la. A tarefa porém era árdua e as obras ficaram paradas durante muito tempo. Em 1467, no dia 26 de abril
, quando a cidade celebrava sua festa tradicional, uma nuvem apareceu no ar, abaixou docemente sobre uma das paredes da construção inacabada e desapareceu. Surgiu então aos olhos da população, pintada em afresco, uma imagem de Nossa Senhora com o Menino Jesus no colo. Todos se perguntavam de onde teria vindo aquele quadro, quando dois albaneses, fugidos de sua pátria dominada pelos turcos, contaram ter visto aquela pintura da Virgem, venerada em igreja da Albânia, destacar-se da parede e, rodeada de uma nuvem, tomar a direção da Itália.
Esta culto espalhou-se pela Europa e uma das cópias do painel de Genazzano foi levada para Itu pelo sacerdote que a troxe do Velho Continente, mas não permaneceu naquela cidade, pois foi transportada em 1917 para a capela do Colégio São Luís, em São Paulo. Ela é padroeira da Província Jesuíta do Brasil Central e de várias cidades brasileiras.



NOSSA SENHORA DO BOM CONSELHO
ROGAI POR NÓS!!!!!

EVANGELHO DO DIA 26 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 26/04/2011

"Maria!"

Jo 20,11-18

Maria tinha ficado perto do túmulo, do lado de fora, chorando. Enquanto chorava, inclinou-se para olhar dentro do túmulo. Ela enxergou dois anjos, vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. Os anjos perguntaram: "Mulher, por que choras?" Ela respondeu: "Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram". Dizendo isto, Maria virou-se para trás e enxergou Jesus em pé, mas ela não sabia que era Jesus. Jesus perguntou-lhe: "Mulher, por que choras? Quem procuras?" Pensando que fosse o jardineiro, ela disse: "Senhor, se foste tu que o levaste, dize-me onde o colocaste, e eu irei buscá-lo". Então, Jesus falou: "Maria!" Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: "Rabûni!" (que quer dizer: Mestre). Jesus disse: "Não me segures, pois ainda não subi para junto do Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus". Então, Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: "Eu vi o Senhor", e contou o que ele lhe tinha dito.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

DOMINGO DA RESSURREIÇÃO

Leia o Evangelho: Lc 24, 13-35


Comentário:

Tudo é silêncio na terra, imobilidade, calma, enquanto uma mulher, sozinha e assustada, anda na escuridão da noite. Observamos agora o que acontece quando Maria Madalena encontra o sepulcro vazio: a cena muda como que por encanto. Sacudidos por um repentino frêmito de vida, todos os personagens despertam do seu torpor a começam a movimentar-se com rapidez: Maria Madalena foi correndo até Simão Pedro. Este, por sua vez, se precipitou para fora com João o outro discípulo. Corriam juntos, mas João correu mais ligeiro . Surpreendendo a todos, no dia depois do sábado, a vida explode de novo.
Também nos dias atuais no mundo existem regiões e situações nas quais a morte domina e o silêncio comemora a sua vitória. Após essa explosão de vida, eis que entram em cena dois discípulos. Pedro e João. Pedro não consegue distinguir quem está ao lado de Jesus e quem está contra, foge e nega Jesus durante a Paixão, enquanto João age de forma contrária à de Pedro.
O comportamento dos dois discípulos diante do sepulcro vazio se repete ainda hoje.
Há quem pense que o dom da própria vida seja somente a morte, renúncia, destruição de si mesmo. Outros compreendem que uma vida consagrada aos irmãos, como fez Jesus, não termina com a morte, mas se abre para a plenitude da vida em Deus.



JESUS RESSUCITOU VERDADEIRAMENTE

ALELUIA!!!

EVANGELHO DO DIA 25 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 25/04/2011

Alegrai-vos

Mt 28,8-15

E saindo às pressas do túmulo, com sentimentos de temor e de grande alegria, correram para dar a notícia aos discípulos. Nisso, o próprio Jesus veio-lhes ao encontro e disse: "Alegrai-vos!" Elas se aproximaram e abraçaram seus pés... Jesus lhes disse: "Não tenhais medo; ide anunciar a meus irmãos que vão para a Galiléia. Lá me verão". Quando foram embora, alguns da guarda... comunicaram aos sumos sacerdotes o que tinha acontecido. Reunidos com os anciãos, deliberaram dar bastante dinheiro aos soldados; e instruíram-nos: "Contai o seguinte: 'Durante a noite vieram os discípulos dele e o roubaram, enquanto estávamos dormindo'. E se isso chegar aos ouvidos do governador, nós o tranqüilizaremos, para que não vos castigue". Eles aceitaram o dinheiro e fizeram como lhes fora instruído. E essa versão ficou divulgada entre os judeus, até o presente dia.

domingo, 24 de abril de 2011

SÁBADO SANTO

Celebramos a vigília pascal. É preciso sublinhar a realidade simbolizada pelo fogo, pela luz e pela água.
O fogo é o sinal da presença de Deus na História, em suas manifestações de salvação.
A luz é símbolo de vida. Representa a presença de Cristo que é vida e oferece a vida ao homem.
A água é também símbolo da vida que é comunicada ao cristão quando ele renasce no Batismo para um mundo novo.
O Círio Pascal, aceso com o fogo novo, luz que surge das trevas, representa Cristo Ressucitado, vitorioso sobre a morte e Senhor da História.
Jesus atravessaráos portais da mansão da morte, vencendo-a, provando que o Pai confirmou todos os gestos que Ele, Jesus, realizou em vida.





EVANGELHO DO DIA 24 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 24/04/2011

Maria Madalena foi ao túmulo e viu

Jo 20,1-9

No primeiro dia da semana, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, Maria Madalena foi ao túmulo e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo. Ela saiu correndo e foi se encontrar com Simão Pedro e com o outro discípulo, aquele que Jesus mais amava. Disse-lhes: "Tiraram o Senhor do túmulo e não sabemos onde o colocaram". Pedro e o outro discípulo saíram e foram ao túmulo. Os dois corriam juntos, e o outro discípulo correu mais depressa, chegando primeiro ao túmulo. Inclinando-se, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou. Simão Pedro, que vinha seguindo, chegou também e entrou no túmulo. Ele observou as faixas de linho no chão, e o pano que tinha coberto a cabeça de Jesus: este pano não estava com as faixas, mas enrolado num lugar à parte. O outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo, entrou também, viu e creu. De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura, segundo a qual ele devia ressuscitar dos mortos.

sábado, 23 de abril de 2011


SEXTA FEIRA SANTA

A morrer crucificado/ Teu JESUS é condenado/ Por teus crimes, pecador/ Por teus crimes, pecador. Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ perdoai ó meu JESUS.
Com a Cruz é carregado/ E do peso, acabrunhado/ Vai morrer por teu amor/ Vai morrer por teu amor.
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa,/ perdoai ó meu JESUS/ perdoai ó meu JESUS.
Pela Cruz tão oprimido/ Cai JESUS desfalecido/ Pela tua salvação/ Pela tua salvação.
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS
Vê a dor da MÃE amada/ Que se encontra desolada/ Com seu Filho em aflição/ Com seu Filho em aflição.
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.
No caminho do Calvário/ Um auxílio é necessário/ Não lhe nega o Cirineu/ Não lhe
nega o Cirineu.
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.
Eis o rosto ensanguentado/ Por Verônica enxugado/ Que
no pano apareceu/ Que no pano apareceu.
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.
Outra vez desfalecido/ Pelas dores abatido/ Cai por terra o Salvador/ Cai por terra o Salvador. Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.
Das mulheres que choravam/ Que fiéis O acompanhavam/ É JESUS consolador/ É JESUS consolador. Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS
Cai terceira vez prostrado/ Pelo peso redobrado/ Dos pecados e da Cruz/ Dos pecados e da Cruz. Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.
Das suas vestes despojado/ Todo chagado e pisado/ Eu vos vejo, meu JESUS/ Eu vos vejo, meu JESUS.
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.
Sois por mim na Cruz pregado,/ Insultado, blasfemado,/ Com cegueira e com furor.
/Com cegueira e com furor.
Pela VIRGEM dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.

"Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem"
"Em verdade te digo: hoje estarás comigo no paraíso
Mulher, eis aí teu filho". Depois disse ao discípulo: "Eis aí tua Mãe"
Meu Deus, meu Deus, por que Me abandonaste?

"Tenho SEDE."
"Tudo está consumado"
"Pai, nas tuas mãos, entrego o meu espírito"

Meu JESUS por nós morrestes!/ Por nós todos padecestes,/ Oh! que grande é Vossa
dor!/ Oh! que grande é Vossa dor!
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.
Do madeiro Vos tiraram/ E à MÃE Vos entregaram/ Com que dor e compaixão/ Com que dor e compaixão.
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ Perdoai ó meu JESUS/ Perdoai ó meu JESUS.

No sepulcro Vos puseram/ Mas os homens tudo esperam/ Do mistério da Paixão
/ Do mistério da Paixão.
Pela Virgem dolorosa/ Vossa MÃE tão piedosa/ perdoai ó meu JESUS
/ Perdoai ó meu
JESUS.








EVANGELHO DO DIA 23 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 23/04/2011

Ressuscitou, como havia dito

Mt 28,1-10

Depois do sábado, ao raiar o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. De repente, houve um grande terremoto: o anjo do Senhor desceu do céu e, aproximando-se, removeu a pedra e sentou-se nela. Sua aparência era como um relâmpago, e suas vestes, brancas como a neve. Os guardas ficaram com tanto medo do anjo que tremeram e ficaram como mortos. Então o anjo falou às mulheres: "Vós não precisais ter medo! Sei que procurais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui! Ressuscitou, como havia dito!... Ide depressa contar aos discípulos: 'Ele ressuscitou dos mortos e vai à vossa frente para a Galiléia. Lá o vereis'. É o que tenho a vos dizer". E saindo às pressas do túmulo, com sentimentos de temor e de grande alegria, correram para dar a notícia aos discípulos. Nisso, o próprio Jesus veio-lhes ao encontro e disse: "Alegrai-vos!" Elas se aproximaram e abraçaram seus pés, em adoração. Jesus lhes disse: "Não tenhais medo; ide anunciar a meus irmãos que vão para a Galiléia. Lá me verão".

sexta-feira, 22 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 22 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 22/04/2011

"Está tudo consumado"

Jo 18,1-19,42

Eles tomaram conta de Jesus. Carregando a sua cruz, ele saiu para o lugar chamado Calvário... Lá, eles o crucificaram com outros dois, um de cada lado... Junto à cruz de Jesus estavam de pé sua mãe e a irmã de sua mãe , Maria de Cléofas e Maria Madalena. Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava, disse à sua mãe: "Mulher, eis o teu filho!" Depois disse ao discípulo: "Eis a tua mãe!" A partir daquela hora, o discípulo a acolheu no que era seu. Depois disso, sabendo Jesus que tudo estava consumado... disse: "Tenho sede!"... Amarraram num ramo de hissopo uma esponja embebida de vinagre e a levaram à sua boca. Ele tomou o vinagre e disse: "Está tudo consumado". E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.

quinta-feira, 21 de abril de 2011



TEMPO DE CONVERSÃO








QUINTA FEIRA SANTA



LAVA-PÉS


DISSE PEDRO: - SENHOR NÃO LAVE SOMENTE OS MEUS PÉS MAS SIM MINHA CABEÇA. JESUS RESPONDEU: EM VERDADE , EM VERDADE VÓS DIGO QUE JÁ ESTIVESSE SIDO BANHADO NÃO PRECISAVA SE BANHAR NOVAMENTE, E JESUS LAVOU OS PÉS DE TODOS OS DISCÍPULOS, SECOS E OS BEIJOS EM SINAL DE HUMILDADE.
A ÚLTIMA CEIA



E JESUS DISSE: EM VERDADE, EM VERDADE VÓS DIGO, UM DE VOCÊS IRA ME TRAIR. PEDRO PERGUNTOU: QUEM SENHOR QUE VAIS TE TRAIR? E JESUS RESPONDEU A PEDRO: AQUELE QUE MOLHAR O PEDAÇO DE PÃO NA MESMA TIJELA QUE EU, ESSE SIM IRÁ ME TRAIR.
E FOI JUDAS ISCARIOTES QUE MOLHOU O PEDAÇO DE PÃO E JESUS DISSE: VAI FAÇA O QUE TENS QUE FAZER. JUDAS TOMADO PELO DEMÔNIO VOU EM DIREÇÃO AOS SUMOS SACERDOTES VENDER JESUS PARA ELES POR 30 MOEDAS DE OURO.








EVANGELHO DO DIA 21 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 21/04/2011

Jesus lava os pés dos discípulos

Jo 13,1-15

Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que tinha chegado a sua hora, hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim. Foi durante a ceia. O diabo já tinha seduzido Judas Iscariotes para entregar Jesus. Sabendo que o Pai tinha posto tudo em suas mãos e que de junto de Deus saíra e para Deus voltava, Jesus levantou-se da ceia, tirou o manto, pegou uma toalha e amarrou-a à cintura. Derramou água numa bacia, pôs-se a lavar os pés dos discípulos e enxugava-os com a toalha que trazia à cintura. Chegou assim a Simão Pedro. Este disse: "Senhor, tu vais lavar-me os pés?". Jesus respondeu: "Agora não entendes o que estou fazendo; mais tarde compreenderás". Pedro disse: "Tu não me lavarás os pés nunca!". Mas Jesus respondeu: "Se eu não te lavar, não terás parte comigo"... Disse aos discípulos: "Entendeis o que eu vos fiz? Vós me chamais de Mestre e Senhor... Se eu, o Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros. Dei-vos o exemplo, para que façais assim como eu fiz para vós".

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Prevenção




Muito se tem feito nos últimos tempos para que as pessoas se previnam contra o uso de drogas. Mas também muito se tem feito, legal ou ilegalmente, para que elas sejam usadas. O resultado final é que as pessoas estão consumindo cada vez mais drogas.
Usar drogas, significa em primeira instância, buscar prazer. É muito difícil lutar contra o prazer, porque foi ele que sempre norteou o comportamento dos seres vivos para se autopreservarem e perpetuarem sua espécie. A droga provoca o prazer que engana o organismo, que então passa a querê-lo mais, como se fosse bom. Mas o prazer provocado pela droga não é bom, porque ele mais destrói a vida do que ajuda na sobrevivência. A prevenção tem de mostrar a diferença que há entre o que é gostoso e o que é bom.
Todo usuário e principalmente sua família têm arcado com as consequências decorrentes desse tipo de busca de prazer.
Pela disposição de querer ajudar outras pessoas, parte da sociedade procura caminhos para previnir o maior mal evitável deste final de milênio.
Caminhos disponíveis
1. Do medo - Os jovens não se aproximarão das drogas se as temerem. Para se criar o medo, basta mostrar somente o lado negativo das drogas. Pode funcionar para crianças enquanto elas acreditarem no adultos.
2. Das informações científicas - Quanto mais alguém souber sobre as drogas, mais condições terá para decidir usá-las ou não. Uma informação pode ser trocada por outra mais convincente e que atenda aos interesses imediatos da pessoa.
3. Da legalidade - Não se deve usar drogas porque elas são ilegais. Mas e as drogas legais? E todas as substâncias adquiridas livremente que podem ser transformadas em drogas?
4. Do princípio moral - A droga fere os princípios éticos e morais. Esses valores entram em crise exatamente na juventude.
5. Do maior controle da vida dos jovens - Mais vigiados pelos pais e professores, os jovens teriam maiores dificuldades em se aproximar das drogas. Só que isso não é totalmente verdadeiro. Não adianta proteger quem não se defende.
6. Do afeto - Quem recebe muito amor não sente necessidade de drogas. Fica aleijado afetivamente que só recebe amor e não o retribui. Droga é usufruir prazer sem ter de devolver nada.
7. Da auto-estima - Quem tem boa auto-estima não engole qualquer "porcaria". Ocorre que algumas drogas não são consideradas "porcarias", mas "aditivos" para curtir melhor a vida.
8. Do esporte - Quem faz esporte não usa drogas. Não é isso o que a sociedade tem presenciado. Reis do esporte perdem sua majestade devido às drogas.
9. Da união dos vários caminhos - É um caminho composto de vários outros, cada qual com sua própria indicação. Cada jovem escolhe o mais adequado para si. Por enquanto, é o que tem dado os resultados mais satisfatórios.
10. Da Integração relacional - Contribuição para enriquecer o caminho 9. Nesse trajeto, o jovem é uma pessoa integrada consigo mesmo (corpo e psique), com as pessoas com as quais se relaciona (integração social) e com o ecossistema (ambiente), valorizando a disciplina, a gratidão, a religiosidade, a ética e a cidadania.



Fonte: http://vidasimcracknao.blogspot.com/

Pela forma de uso, o crack é mais potente do que qualquer outra droga e provoca dependência desde a primeira pedra.

TEMPO DE CONVERSÃO E ORAÇÃO






SEGUNDA FEIRA SANTA


Maria, tomando quase meio litro de perfume de nardo puro e muito caro, ungiu os pés de Jesus e enxugou-os com seus cabelos. A casa inteira ficou cheia do perfume do bálsamo.


QUARTA FEIRA SANTA



O que será que aconteceu realmente na Quarta Feira Santa?

Bem o que realmente aconteceu foi que Judas trair Jesus, mas como Judas traiu Jesus?

Na realidade Satanas entrou em Judas Iscariotes e foi até os sacerdotes para saber o que iria fazer com Jesus, os sacerdotes falaram para Judas vender Jesus por 30 moedas de ouro e isso foi feito.
















EVANGELHO DO DIA 20 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 20/04/2011

Um de vós me vai entregar

Mt 26,14-25

Um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os sumos sacerdotes e disse: "Que me dareis se eu vos entregar Jesus?" Combinaram trinta moedas de prata... No primeiro dia dos Pães sem Fermento, os discípulos aproximaram-se de Jesus e perguntaram: "Onde queres que façamos os preparativos para comeres a páscoa?" Jesus respondeu: "Ide à cidade, procurai certo homem e dizei-lhe: 'O Mestre manda dizer: ... vou celebrar a ceia pascal em tua casa, junto com meus discípulos'". Os discípulos... prepararam a ceia pascal... Enquanto comiam, Jesus disse: "Em verdade vos digo, um de vós me vai entregar". Eles ficaram muito tristes e, um por um, começaram a perguntar-lhe: "Acaso sou eu, Senhor?" Ele respondeu: "Aquele que se serviu comigo do prato é que vai me entregar... Ai, porém, daquele por quem o Filho do Homem é entregue! Melhor seria que tal homem nunca tivesse nascido!" Então Judas, o traidor, perguntou: "Mestre, serei eu?" Jesus lhe respondeu: "Tu o dizes".

terça-feira, 19 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 19 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 19/04/2011

Agora foi glorificado o Filho do Homem

Jo 13,21-33.36-38

"Em verdade... vos digo: um de vós me entregará"... Bem ao lado de Jesus estava reclinado um dos seus discípulos, aquele que Jesus mais amava... O discípulo, então... perguntou: "Senhor, quem é?" Jesus respondeu: "É aquele a quem eu der um bocado...". Então, Jesus molhou um bocado e deu a Judas Iscariotes... Jesus, então, lhe disse: "O que tens a fazer, faze logo"... Então, depois de receber o bocado, Judas saiu imediatamente. Era noite. Depois que Judas saiu, Jesus disse: "Agora foi glorificado o Filho do Homem, e Deus foi glorificado nele. Se Deus foi glorificado nele, Deus também o glorificará em si mesmo, e o glorificará logo. Filhinhos, por pouco tempo eu ainda estou convosco... : 'Para onde eu vou, vós não podeis ir'". Simão Pedro perguntou: "Senhor, para onde vais?... Eu darei minha vida por ti!" Jesus respondeu: "Darás tua vida por mim? Em verdade, em verdade, te digo: não cantará o galo antes que me tenhas negado três vezes".

segunda-feira, 18 de abril de 2011


DOMINGO DE RAMOS

LEIA OS EVANGELHOS:

  • Mt 21,1-11 (BENÇÃO DOS RAMOS)
  • Mt 26,27-66 (MISSA)

COMENTÁRIO DO EVANGELHO:


Estamos começando
a semana que alguns chamam de santa - e que seria preferível chamar de semana da paixão. Semana de muito peixe e de pouca penitência. Semana de muito ovo, muito coelho e de pouca meditação. Semana de um dia muito silencioso,feriado e superstição.
Diante de tudo isso, as últimas palavras de Jesus se tornam efetivamente muito difíceis de compreender. No entanto, o mistério central destes dias é Jesus Cristo, o Messias. Devemos compreender especialmente essa mensagem. Precisamos compreender Cristo e, a partir dessa experiência, testemunhar.
Jesus Cristo é o centro dos destinos da humanidade, Ele é o libertador, o salvador. E tudo isso porque Ele é, ao mesmo tempo, Filho do Homem e Filho de Deus. O entusiasmo por Cristo, quando se chegou a perceber dele alguma coisa, nem tem limites. Ele é a alegria do mundo, a nossa alegria.



RESPONDA:


  • O que significa para você a Semana Santa ?
  • Quem é o Messias?
  • Como devemos celebrar a Semana Santa ?
  • Você consegue permanecer com Jesus nos momentos de provação,de dificuldades?Porquê?






EVANGELHO DO DIA 18 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 18/04/2011

Jesus foi a Betânia

Jo 12,1-11

Seis dias antes da Páscoa, Jesus foi a Betânia, onde morava Lázaro, que ele tinha ressuscitado dos mortos. Lá, ofereceram-lhe um jantar. Marta servia, e Lázaro estava à mesa com ele. Maria, então, tomando meio litro de perfume de nardo puro e muito caro, ungiu os pés de Jesus e os enxugou com os cabelos. A casa inteira encheu-se do aroma do perfume. Judas Iscariotes... aquele que entregaria Jesus, falou: "Por que este perfume não foi vendido por trezentos denários para se dar aos pobres?" Falou assim, não porque se preocupasse com os pobres, mas, porque era ladrão: ele guardava a bolsa e roubava o que nela se depositava. Jesus, porém, disse: "Deixa-a! Que ela o guarde em vista do meu sepultamento. Os pobres, sempre os tendes convosco. A mim, no entanto, nem sempre tereis"... Os sumos sacerdotes, então, decidiram matar também Lázaro, ressuscitado por Jesus, pois por causa dele muitos se afastavam dos judeus e começaram a crer em Jesus.

domingo, 17 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 17 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 17/04/2011

Hosana! Entrada em Jerusalém

Leitura Orante


Mt 21,1-11

Hoje também é o Domingo da Paixão.
Nas celebrações se lê o texto: Mt 27,11-54.


Após a bênção dos Ramos, lê-se Mt 21,1-11:
Naquele tempo, Jesus e seus discípulos aproximaram-se de Jerusalém e chegaram a Betfagé, no monte das Oliveiras. Então Jesus enviou dois discípulos, dizendo-lhes: "Ide até o povoado que está ali na frente, e logo encontrareis uma jumenta amarrada, e com ela um jumentinho. Desamarrai-a e trazei-os a mim! Se alguém vos disser alguma coisa, direis: 'O Senhor precisa deles', mas logo os devolverá'''.
Isso aconteceu para se cumprir o que foi dito pelo profeta: Dizei à filha de Sião: Eis que o teu rei vem a ti, manso e montado num jumento, num jumentinho, num potro de jumenta":
Então os discípulos foram e fizeram como Jesus lhes havia mandado. Trouxeram a jumenta e o jumentinho e puseram sobre eles suas vestes, e Jesus montou. A numerosa multidão estendeu suas vestes pelo caminho, enquanto outros cortavam ramos das árvores, e os espalhavam pelo caminho. As multidões que iam na frente de Jesus e os que o seguiam, gritavam:
"Hosana ao Filho de Davi! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana no mais alto dos céus!"
Quando Jesus entrou em Jerusalém a cidade inteira se agitou, e diziam: "Quem é este homem?" As multidões respondiam: "Este é o profeta Jesus, de Nazaré da Galileia".

sábado, 16 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 16 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 16/04/2011

O plano para matar Jesus

Jo 11,45-56

Muitas pessoas que tinham ido visitar Maria viram o que Jesus tinha feito e creram nele. Mas algumas pessoas voltaram e contaram aos fariseus o que ele havia feito. Então os fariseus e os chefes dos sacerdotes se reuniram com o Conselho Superior e disseram:
- O que é que nós vamos fazer? Esse homem está fazendo muitos milagres! Se deixarmos que ele continue fazendo essas coisas, todos vão crer nele. Aí as autoridades romanas agirão contra nós e destruirão o Templo e o nosso país.
Então Caifás, que naquele ano era o Grande Sacerdote, disse:
- Vocês não sabem nada! Será que não entendem que para vocês é melhor que morra apenas um homem pelo povo do que deixar que o país todo seja destruído?
Naquele momento Caifás não estava falando por si mesmo. Mas, como ele era o Grande Sacerdote naquele ano, estava profetizando que Jesus ia morrer pela nação. E não somente pela nação, mas também para reunir em um só corpo todos os filhos de Deus que estão espalhados por toda parte.
Então, daquele dia em diante, os líderes judeus fizeram planos para matar Jesus. Por isso ele já não andava publicamente na Judéia, mas foi para uma região perto do deserto, a uma cidade chamada Efraim, e ficou ali com os seus discípulos.
Faltava pouco tempo para a Festa da Páscoa. Muitos judeus foram a Jerusalém antes da festa para tomar parte na cerimônia de purificação. Eles procuravam Jesus e, no pátio do Templo, perguntavam uns aos outros:
- O que é que vocês acham? Será que ele vem à festa?

sexta-feira, 15 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 15 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 15/04/2011

'Eu sou Filho de Deus'

Jo 10,31-42

De novo, os judeus pegaram em pedras para apedrejar Jesus. E ele lhes disse: "Eu vos mostrei muitas obras boas da parte do Pai. Por qual delas me quereis apedrejar?" Os judeus responderam: "Não queremos te apedrejar por causa de uma obra boa, mas por causa da blasfêmia. Tu, sendo apenas um homem, pretendes ser Deus"! Jesus respondeu: "Acaso não está escrito na vossa Lei: 'Eu disse: sois deuses'?... Se a Lei chama deuses as pessoas às quais se dirigiu a palavra de Deus, por que, então, acusais de blasfêmia àquele que o Pai consagrou e enviou ao mundo, só porque disse: 'Eu sou Filho de Deus'?... Mas se eu faço as obras do meu Pai ... crede nas minhas obras, para que saibais e reconheçais que o Pai está em mim e eu no Pai". Mais uma vez, procuravam prendê-lo, mas ele escapou das suas mãos. Jesus se retirou de novo para o outro lado do Jordão, para o lugar onde João esteve batizando... E muitos, ali, passaram a crer nele.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Seria tudo mentira?


Alguns instantes parecem ganhar privilégios do tempo, tornando-se perpétuos e intactos dentro de nossa memória.
Aquela tarde andava lenta e morna como todas as tardes dos outonos da cidade maravilhosa, e até os mosquitos procuravam descansar do ar úmido e denso que rodeava as crianças. Ficar sentado era difícil, e pensar era tarefa impossível, quando todos só queriam olhar para os ponteiros do relógio de parede que também parecia compartilhar da preguiça da tarde.
A imaginação nos permite congelar esse momento, e deixá-lo na eternidade. Nenhuma criança ferida, nenhum estouro de balas. Aqui elas continuam sorrindo, elas continuam sonhando.
Seriam todos anjos perdidos, que agora se permitem voar, libertados do instante sofrido que só em nossas mentes existe?
Apagou, apagou. Minhas mãos fazem o gesto para acabar.
Por um segundo me deixo enganar, e penso que melhor seria se tudo fosse mentira



Artigo escrito por nosso querido amigo Maninho, especialmente p/ a rádio... Deus te abençoe amigo
http://maninhoonline.wordpress.com/

EVANGELHO DO DIA 14 DE ABRIL DE 2011



Ano A - Dia: 14/04/2011

Meu Pai é quem me glorifica

Jo 8,51-59

Em verdade, em verdade, vos digo: se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte". Os judeus então disseram: "Agora estamos certos de que tens um demônio. Abraão morreu, e os profetas também, e tu dizes: 'Se alguém guardar a minha palavra, jamais provará a morte'. Porventura és maior do que nosso pai Abraão, que morreu? E também os profetas morreram. Quem tens a pretensão de ser?" Jesus respondeu: "Se eu me glorificasse a mim mesmo, minha glória não valeria nada. Meu Pai é quem me glorifica, aquele que dizeis ser vosso Deus. No entanto, vós não o conheceis. Mas eu o conheço; e se dissesse que não o conheço, eu seria um mentiroso como vós. Mas eu o conheço e guardo a sua palavra. Vosso pai Abraão exultou por ver o meu dia. Ele viu e se alegrou". Os judeus disseram-lhe então: "Ainda não tens cinqüenta anos, e viste Abraão?!" Jesus respondeu: "Em verdade, em verdade, vos digo: antes que Abraão existisse, eu sou". Então, pegaram pedras para o apedrejar; mas Jesus escondeu-se e saiu do templo.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 13 DE ABRIL DE 2011


Eu falo do que vi junto do Pai

Jo 8,31-42

Jesus, então, disse aos judeus que acreditaram nele: "Se permanecerdes em minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos tornará livres... Em verdade, em verdade, vos digo: todo aquele que comete o pecado é escravo do pecado... Se, pois, o Filho vos libertar, sereis verdadeiramente livres. sei que sois descendentes de Abraão. No entanto, procurais matar-me, porque minha palavra não é acolhida por vós. Eu falo do que vi junto do Pai; e vós fazeis o que ouvistes do vosso pai". Eles responderam: "Nosso pai é Abraão". Jesus, então, lhes disse: "Se fôsseis filhos de Abraão, praticaríeis as obras de Abraão! Agora, no entanto, procurais matar-me... Isto Abraão não fez. Vós fazeis as obras do vosso pai". Eles disseram então a Jesus: "... Só temos um pai: Deus". Jesus respondeu: "Se Deus fosse vosso pai, certamente me amaríeis, pois é da parte de Deus que eu saí e vim. Eu não vim por conta própria; foi ele quem me enviou".

terça-feira, 12 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 12 DE ABRIL DE 2011


Aquele que me enviou está comigo

Jo 8,21-30

De novo, Jesus lhes disse: "Eu me vou, e vós me procurareis; mas morrereis no vosso pecado. Para onde eu vou, vós não podeis ir". Os judeus, então, comentavam: "Acaso ele irá se matar? Pois ele diz: 'Para onde eu vou, vós não podeis ir'". Ele continuou a falar: "Vós sois daqui de baixo; eu sou do alto. Vós sois deste mundo; eu não sou deste mundo. Eu vos disse que morrereis nos vossos pecados. De fato, se não acreditais que 'eu sou', morrereis nos vossos pecados". Eles lhe perguntaram: "Quem és tu, então?". Jesus respondeu: "De início, isto mesmo que vos estou falando. Tenho muitas coisas a dizer a vosso respeito... Mas, aquele que me enviou é verdadeiro, e o que ouvi dele é o que eu falo ao mundo... Quando tiverdes elevado o Filho do Homem, então sabereis que 'eu sou', e que nada faço por mim mesmo, mas falo apenas aquilo que o Pai me ensinou. Aquele que me enviou está comigo. Ele não me deixou sozinho, porque eu sempre faço o que é do seu agrado". Como falasse estas coisas, muitos passaram a crer nele.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

DOMINGO DA RESSURREIÇÃO DE LÁZARO


Leia o Evangelho:(Jo 11, 1-45)



Comentário do Evangelho:

Sem dúvida alguma, estamos diante do milagre (sinal) mais importante para o evangelista João. Nota-se um crescendo sempre mais, que vai do primeiro ao último. aqui os milagres (sinais) alcançam o seu ápice. O primeiro tem como base os elementos materiais, a água e o vinho; o segundo acentua a cura à distância; o terceiro insiste na infusão de uma nova vida num organismo paralisado, aparece em seguida a profunda saturação da fome do homeme, na qual se apresenta como o "eu sou"; coloca-se em cena a iluminação da existência humana para chegar à proclamação da vitória da vida sobre a morte.
Jesus fala do sono de Lázaro, referindo-se à morte. Os discípulos não compreenderam. O evangelista usa esse recurso da imcompreensão para poder ter a oportunidade de apresentar o relato com todo o seu significado.
A imagem do sono era muito frequente. Quando um eferemo recupera o sono de forma natural é sinal de melhoria. Assim os discípulos o entenderam no caso de Lazaro: "Senhor, se ele dorme, é sinal que ele vai ficar curado"(Jo 11,12). Jesus se move num outro nível: se o sono é imagem da morte, ao despertar aquele que dorme significa oferecer-lhe a saúde e a vida.

Responda

* COMO VOCÊ DEMONSTRA A SUA FÉ EM JESUS?





Os 12 anjos do RJ



A placa "Em homenagem aos 12 anjos" na porta da escola do RJ, mostrada no início da excelente cobertura do Fantástico, me fez pensar no que tanto debati em minha festa de aniversário com os meus amigos (chinelinhos) sobre o ocorrido no Estado do RJ: Onde Deus estava quando tudo isso aconteceu? Como ele reagiu a isso? E logo me lembrei de uma das melhores respostas - do gênio do grupo - "refazendo os cálculos, revendo os ingredientes da criação". Nós somos as criaturas mais próximas da perfeição e eis o que fazemos. Quem sabe se fôssemos mais humanos, não cometeríamos tantas atrocidades aos nossos semelhantes.

Nossa vivência na Terra é deplorável. Os seres de outros planetas devem estar tanto tempo escondidos por puro medo. Medo que cheguemos a descobri-los e pensemos em colonizá-los e educá-los para tornarem-se mais "civilizados". Nossa civilização é uma fraude. E a culpa é de quem? Não é culpa do governo ou dos EUA, ou do capitalismo ou do dinheiro..., a humanidade é desumana, e a culpa é minha. Somos grandiosos artistas quando queremos nos mostrar humanos, mas interiormente, somos podres. Cada qual com sua essência grandiosa proveniente de herança divina, mas também, com sua escuridão torcendo para vir à tona quando o ser entregar-se aos anseios humanos.

EVANGELHO DO DIA 11 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 11/04/2011



Jesus, o pão da vida

Jo 6,52-59

Aí eles começaram a discutir entre si. E perguntavam:
- Como é que este homem pode dar a sua própria carne para a gente comer?
Então Jesus disse:
- Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não comerem a carne do Filho do Homem e não beberem o seu sangue, vocês não terão vida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é a comida verdadeira, e o meu sangue é a bebida verdadeira. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue vive em mim, e eu vivo nele. O Pai, que tem a vida, foi quem me enviou, e por causa dele eu tenho a vida. Assim, também, quem se alimenta de mim terá vida por minha causa. Este é o pão que desceu do céu. Não é como o pão que os antepassados de vocês comeram e mesmo assim morreram. Quem come deste pão viverá para sempre.
Jesus disse isso quando estava ensinando na sinagoga de Cafarnaum.

domingo, 10 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 10 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 10/04/2011



Jesus, o pão da vida

Jo 6,44-51

Só poderão vir a mim aqueles que forem trazidos pelo Pai, que me enviou, e eu os ressuscitarei no último dia. Nos Profetas está escrito: "Todos serão ensinados por Deus." E todos os que ouvem o Pai e aprendem com ele vêm a mim. Isso não quer dizer que alguém já tenha visto o Pai, a não ser aquele que vem de Deus; ele já viu o Pai.
- Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem crê tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Os antepassados de vocês comeram o maná no deserto, mas morreram. Aqui está o pão que desce do céu; e quem comer desse pão nunca morrerá. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer desse pão, viverá para sempre. E o pão que eu darei para que o mundo tenha vida é a minha carne.

sábado, 9 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 9 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 09/04/2011



Jesus, o pão da vida

Jo 6,35-40

Jesus respondeu:
- Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim nunca mais terá fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede. Mas eu já disse que vocês não crêem em mim, embora estejam me vendo. Todos aqueles que o Pai me dá virão a mim; e de modo nenhum jogarei fora aqueles que vierem a mim. Pois eu desci do céu para fazer a vontade daquele que me enviou e não para fazer a minha própria vontade. E a vontade de quem me enviou é esta: que nenhum daqueles que o Pai me deu se perca, mas que eu ressuscite todos no último dia. Pois a vontade do meu Pai é que todos os que vêem o Filho e crêem nele tenham a vida eterna; e no último dia eu os ressuscitarei.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2011


"FRATERNIDADE E VIDA NO PLANETA"

"A CRIAÇÃO GEME EM DORES DE PARTO (Rm 8,22)


A Campanha da Fraternidade 2011 é um convite à reflexão sobre a necessidade de transformar os problemas provocados por anos de uso inadequado dos recursos naturais e poluição, em esperança para um novo recomeço com mais humanidade e sustentabilidade e nos faz refletir também na questão ecológica, com foco, sobretudo, no problema das mudanças climáticas.

Ela se coloca em sintonia com uma cultura que está se expandindo cada vez mais, em todo mundo, de respeito pelo meio ambiente e do lugar em que DEUS nos coloca, não só para vivermos e convivermos, mas também para fazer deste o paraíso com o qual tanto sonhamos.

Se cada um de nós fizermos a nossa parte não sujando os lugares em que passamos, as florestas, rios e praças ficaram mais limpas, sem poluição, Só teremos ar puro, flores, frutos e rios mais puros, mas para que isso aconteça devemos arregaçar as nossas mãos e trabalhar para o nosso meio ambiente ficar mais limpo.





EVANGELHO DO DIA 8 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 08/04/2011



Jesus, o pão da vida

Jo 6,30-35

Eles disseram:
- Que milagre o senhor vai fazer para a gente ver e crer no senhor? O que é que o senhor pode fazer? Os nossos antepassados comeram o maná no deserto, como dizem as Escrituras Sagradas: "Do céu ele deu pão para eles comerem."
Jesus disse:
- Eu afirmo a vocês que isto é verdade: não foi Moisés quem deu a vocês o pão do céu, pois quem dá o verdadeiro pão do céu é o meu Pai. Porque o pão que Deus dá é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo.
- Queremos que o senhor nos dê sempre desse pão! - pediram eles.
Jesus respondeu:
- Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim nunca mais terá fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Deus e os absurdos do mundo


Jogar a culpa de nossas desgraças nas costas de Deus é muito simples

Não temos o direito de pedir a Deus que faça um círculo ser quadrado. Como sabemos, as regras da vida precisam ser consideradas. Se compreendermos essas regras, certamente vamos alcançar uma fé madura e crescer como pessoas responsáveis.
A psicologia nos ensina que um dos elementos que acenam para a maturidade da pessoa é justamente sua capacidade de assumir as responsabilidades e responder pelos erros.
O nosso jeito de praticar a religião nem sempre é maduro, isso porque muito facilmente acreditamos que Deus resolverá todos os nossos problemas. Insistimos em acreditar que Ele nos livrara de todas as consequencias de nossas escolhas erradas, e que uma vida em Deus é uma vida sem problemas. Engano! Quanto mais crescemos em Deus, maior é a necessidade que temos de purificar os nossos excessos. Esses excessos se dão em todos os detalhes de nossa personalidade, desde as nossas compreensões mais simples até mesmo às compreensões mais elaboradas.
O jeito como reagimos diante de uma determinada situação depõe contra ou a favor do que consideramos como maduro em nós. A maneira como interpretamos as coisas ruins que nos acontecem é um modo interessante de medir o nosso grau de maturidade. Um exemplo simples: um rapaz embriagado atropelou uma menina de seis anos no centro de uma cidade no interior da Bahia. Para se livrar da responsabilidade do acontecido, o jovem recorreu ao absurdo de dizer que estava possuído pelo diabo, e que por isso a matou. Ao utilizar-se de um argumento como esse, o rapaz demonstrou ser realmente vítima de uma única possessão: a ignorância. Ao culpar o demônio pelo absurdo de suas displicências, o rapaz tenta se eximir de forma imatura e vergonhosa da responsabilidade de pagar pelo crime cometido.
A maturidade também se expressa no que pedimos. Outro exemplo simples: uma pessoa fumou a vida inteira, nunca se esmerou por lutar para deixar o vício, e, num determinado momento, descobre que tem câncer. Então se coloca a pedir a Deus um milagre. É justo? A doença não nasceu das escolhas que fez? Tenho o direito de colher o que na verdade não plantei? Acho pouco provável.
O milagre é realizado a quatro mãos. Mãos de Deus e mãos humanas. O que deixo de fazer ou o que negligencio agora poderá comprometer o bem a que Deus já me destinou. O Senhor não quer as tragédias do mundo. As tragédias humanas são construídas aos poucos por nós mesmos. É preciso maturidade para assumir. Jogar a culpa de nossas desgraças nas costas de Deus é muito simples. Assim ficamos eximidos de qualquer responsabilidade ou comprometimento.
Grandes acidentes acontecem com pequenos descuidos. Ao dizer que nem mesmo um fio de cabelo cai de nossa cabeça sem que o Pai do céu permita, Jesus não se refere a acidentes absurdos. A permissão de Deus está sempre conectada à natureza de Sua bondade. Deus é bom. Não há variações em Sua vontade. O Seu querer para a vida humana é sempre a vida, e vida em abundancia. De Deus não nascem tragédias. Os acontecimentos trágicos do mundo não são frutos de permissões divinas, mas sim, de deliberações de nossa vontade.
(Trecho extraído do livro "Quando o sofrimento bater à sua porta")
Pe. Fábio de melo

EVANGELHO DO DIA 7 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 07/04/2011



Jesus, o pão da vida

Jo 6,22-29

No dia seguinte a multidão que estava no lado leste do lago viu que ali só havia um barco pequeno. Sabiam que Jesus não tinha embarcado com os discípulos, pois estes haviam saído sozinhos. Enquanto isso, outros barcos chegaram da cidade de Tiberíades e encostaram perto do lugar onde a multidão tinha comido pão depois de o Senhor Jesus ter dado graças. Quando viram que Jesus e os seus discípulos não estavam ali, subiram nos barcos e saíram para Cafarnaum a fim de procurá-lo.
A multidão encontrou Jesus no lado oeste do lago, e perguntaram a ele:
- Mestre, quando foi que o senhor chegou aqui?
Jesus respondeu:
- Eu afirmo a vocês que isto é verdade: vocês estão me procurando porque comeram os pães e ficaram satisfeitos e não porque entenderam os meus milagres. Não trabalhem a fim de conseguir a comida que se estraga, mas a fim de conseguir a comida que dura para a vida eterna. O Filho do Homem dará essa comida a vocês porque Deus, o Pai, deu provas de que ele tem autoridade.
- O que é que Deus quer que a gente faça? - perguntaram eles.
- Ele quer que vocês creiam naquele que ele enviou! - respondeu Jesus.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 6 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 06/04/2011



No caminho de Emaús

Lc 24,13-35

Naquele mesmo dia, dois dos seguidores de Jesus estavam indo para um povoado chamado Emaús, que fica a mais ou menos dez quilômetros de Jerusalém. Eles estavam conversando a respeito de tudo o que havia acontecido. Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus chegou perto e começou a caminhar com eles, mas alguma coisa não deixou que eles o reconhecessem. Então Jesus perguntou:
- O que é que vocês estão conversando pelo caminho?
Eles pararam, com um jeito triste, e um deles, chamado Cleopas, disse:
- Será que você é o único morador de Jerusalém que não sabe o que aconteceu lá, nestes últimos dias?
- O que foi? - perguntou ele.
Eles responderam:
- O que aconteceu com Jesus de Nazaré. Esse homem era profeta e, para Deus e para todo o povo, ele era poderoso em atos e palavras. Os chefes dos sacerdotes e os nossos líderes o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram. E a nossa esperança era que fosse ele quem iria libertar o povo de Israel. Porém já faz três dias que tudo isso aconteceu. Algumas mulheres do nosso grupo nos deixaram espantados, pois foram de madrugada ao túmulo e não encontraram o corpo dele. Voltaram dizendo que viram anjos e que estes afirmaram que ele está vivo. 2Alguns do nosso grupo foram ao túmulo e viram que realmente aconteceu o que as mulheres disseram, mas não viram Jesus.
Então Jesus lhes disse:
- Como vocês demoram a entender e a crer em tudo o que os profetas disseram! Pois era preciso que o Messias sofresse e assim recebesse de Deus toda a glória.
E começou a explicar todas as passagens das Escrituras Sagradas que falavam dele, iniciando com os livros de Moisés e os escritos de todos os Profetas.
Quando chegaram perto do povoado para onde iam, Jesus fez como quem ia para mais longe. Mas eles insistiram com ele para que ficasse, dizendo:
- Fique conosco porque já é tarde, e a noite vem chegando.
Então Jesus entrou para ficar com os dois. Sentou-se à mesa com eles, pegou o pão e deu graças a Deus. Depois partiu o pão e deu a eles. Aí os olhos deles foram abertos, e eles reconheceram Jesus. Mas ele desapareceu. Então eles disseram um para o outro:
- Não parecia que o nosso coração queimava dentro do peito quando ele nos falava na estrada e nos explicava as Escrituras Sagradas?
Eles se levantaram logo e voltaram para Jerusalém, onde encontraram os onze apóstolos reunidos com outros seguidores de Jesus. E os apóstolos diziam:
- De fato, o Senhor foi ressuscitado e foi visto por Simão!
Então os dois contaram o que havia acontecido na estrada e como tinham reconhecido o Senhor quando ele havia partido o pão.

terça-feira, 5 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 5 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 05/04/2011



Jesus anda em cima da água

Jo 6,16-21

De tardinha, os discípulos de Jesus desceram até o lago. Subiram num barco e começaram a atravessar o lago na direção da cidade de Cafarnaum. Quando já estava escuro, Jesus ainda não tinha vindo se encontrar com eles. De repente, um vento forte começou a soprar e a levantar as ondas. 1Os discípulos já tinham remado uns cinco ou seis quilômetros, quando viram Jesus andando em cima da água e chegando perto do barco. E ficaram com muito medo.
Mas Jesus disse:
- Não tenham medo, sou eu!
Então eles o receberam com prazer no barco e logo chegaram ao lugar para onde estavam indo.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 4 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 04/04/2011



Jesus alimenta uma multidão

Jo 6,1-15

Depois disso, Jesus atravessou o lago da Galiléia, que também é chamado de Tiberíades. Uma grande multidão o seguia porque eles tinham visto os milagres que Jesus tinha feito, curando os doentes. Ele subiu um monte e sentou-se ali com os seus discípulos. A Páscoa, a festa principal dos judeus, estava perto. Jesus olhou em volta de si e viu que uma grande multidão estava chegando perto dele. Então disse a Filipe:
- Onde vamos comprar comida para toda esta gente?
Ele sabia muito bem o que ia fazer, mas disse isso para ver qual seria a resposta de Filipe.
Filipe respondeu assim:
- Para cada pessoa poder receber um pouco de pão, nós precisaríamos gastar mais de duzentas moedas de prata.
Então um dos discípulos, André, irmão de Simão Pedro, disse:
- Está aqui um menino que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos. Mas o que é isso para tanta gente?
Jesus disse:
- Digam a todos que se sentem no chão.
Então todos se sentaram. (Havia muita grama naquele lugar.) Estavam ali quase cinco mil homens. Em seguida Jesus pegou os pães, deu graças a Deus e os repartiu com todos; e fez o mesmo com os peixes. E todos comeram à vontade. Quando já estavam satisfeitos, ele disse aos discípulos:
- Recolham os pedaços que sobraram a fim de que não se perca nada.
Eles ajuntaram os pedaços e encheram doze cestos com o que sobrou dos cinco pães.
Os que viram esse milagre de Jesus disseram:
- De fato, este é o Profeta que devia vir ao mundo!
Jesus ficou sabendo que queriam levá-lo à força para o fazerem rei; então voltou sozinho para o monte.

domingo, 3 de abril de 2011

EVANGELHO DO DIA 3 DE ABRIL DE 2011


Ano A - Dia: 03/04/2011



Aquele que vem do céu

Jo 3,31-36

Aquele que vem de cima é o mais importante de todos, e quem vem da terra é da terra e fala das coisas terrenas. Quem vem do céu é o mais importante de todos. Ele fala daquilo que viu e ouviu, mas ninguém aceita a sua mensagem. Quem aceita a sua mensagem dá prova de que o que Deus diz é verdade. Aquele que Deus enviou diz as palavras de Deus porque Deus dá do seu Espírito sem medida. O Pai ama o Filho e pôs tudo nas mãos dele. Por isso quem crê no Filho tem a vida eterna; porém quem desobedece ao Filho nunca terá a vida eterna, mas sofrerá para sempre o castigo de Deus.

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...