WebRádio Trindade Santa: Abril 2014

quarta-feira, 30 de abril de 2014

O passo de hoje

Quem se desgasta com o que não sabe sobre si não sai do lugar, porque vive se projetando para um futuro que ainda não foi revelado. Ninguém pode dar, hoje, o passo de amanhã. A vocação, o ideal, a eternidade... Coisas assim são conquistadas com a fidelidade de cada dia, realizando 100% do que já sabemos que Deus quer de nós. Pense nisso! Com carinho e orações, Seu irmão, Ricardo Sá

EVANGELHO DO DIA

ANO A - DIA 30/04



Deus amou tanto o mundo - Jo 3,16-21

De fato, Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Quem crê nele não será condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho único de Deus [...]. Mas quem pratica a verdade se aproxima da luz, para que suas ações sejam manifestadas, já que são praticadas em Deus.

SANTO DO DIA

30 ABR - São José Benedito Cottolengo

São José Benetido CottolengoHoje, lembramos São José Benedito Cottolengo que nasceu em Bra, na Itália, onde desde de pequeno demonstrou-se inclinado à caridade. Com o passar do tempo e trabalho com sua vocação, tornou-se um sacerdote dos desprotegidos na diocese de Turim.
Quando teve que atender uma senhora grávida, que devido à falta de assistência social, morreu em seus braços; espantado, retirou-se em oração e nisso Deus fez desabrochar no seu coração a necessidade da criação de uma casa de abrigo que, mesmo em meio às dificuldades, foi seguida por outras. Esse grande homem de Deus acolhia pobres, doentes mentais, físicos, ou seja, todo tipo de pessoas carentes de amor, assistência material, físico e espiritual.
Confiando somente nos cuidados do Pai do Céu, estas casas desde a primeira até a verdadeira cidade da caridade que surgiu, chamou-se “Pequena Casa da Divina Providência”. Diante do Santíssimo Sacramento, José Cottolengo e outros cristãos, que se uniram a ele nesta experiência de Deus, buscavam ali forças para bem servir aos necessitados, pois já dizia ele: “Se soubesses quem são os pobres, os servirias de joelhos!”.
Entrou no Céu com 56 anos.
São José Benedito Cottolengo, rogai por nós!

terça-feira, 29 de abril de 2014

EVANGELHO DO DIA

ANO A - DIA 29/04



Novo nascimento - Jo 3,7b-15

“É necessário para vós nascer do alto. O vento sopra onde quer e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim é também todo aquele que nasceu do Espírito.” Nicodemos, então, perguntou: “Como pode isso acontecer?” Jesus respondeu: “[...] Em verdade, te digo: nós falamos do que conhecemos e damos testemunho do que vimos, mas vós não aceitais o nosso testemunho. Se não acreditais quando vos falo das coisas da terra, como ireis crer quando eu vos falar das coisas do céu? Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu: o Filho do Homem. [...]”.

Quem caminha mais rápido?

Quem dá um passo após o outro caminha mais rápido e seguro. Muito fácil é viver por viver, seguir meio sem rumo, porque, no final das contas, todo mundo está fazendo assim. Gente centrada e com vontade de chegar mais longe, mais rápido e seguro sabe quem é, de onde veio, qual é sua meta e caminha um passo depois do outro. Se precisar, grite por ajuda, mas, pelo amor de Deus, nunca siga por seguir! Sua vida é muito preciosa! Por favor, reflita, tome decisões ainda hoje! Com carinho e orações, Seu irmão, Ricardo Sá

SANTO DO DIA

29 ABR - Santa Catarina de Sena

Santa Catarina de SenaNeste dia, celebramos a vida de uma das mulheres que marcaram profundamente a história da Igreja: Santa Catarina de Sena. Reconhecida como Doutora da Igreja, era de uma enorme e pobre família de Sena, na Itália, onde nasceu em 1347.
Voltada à oração, ao silêncio e à penitência, não se consagrou em uma congregação, mas continuou, no seu cotidiano dos serviços domésticos, a servir a Cristo e Sua Igreja, já que tudo o que fazia, oferecia pela salvação das almas. Através de cartas às autoridades, embora analfabeta e de frágil constituição física, conseguia mover homens para a reconciliação e paz como um gigante.
Dotada de dons místicos, recebeu espiritual e realmente as chagas do Cristo; além de manter uma profunda comunhão com Deus Pai, por meio da qual teve origem sua obra: “O Diálogo”. Comungando também com a situação dos seus, ajudou-o em muito, socorrendo o povo italiano, que sofria com uma peste mortífera e com igual amor socorreu a Igreja que, com dois Papas, sofria cisão, até que Catarina, santamente, movimentou os céus e a terra, conseguindo banir toda confusão. Morreu no ano de 1380, repetindo: “Se morrer, sabeis que morro de paixão pela Igreja”.
Santa Catarina de Sena, rogai por nós!

segunda-feira, 28 de abril de 2014

EVANGELHO DO DIA

ANO A - DIA 28/04



Jesus e Nicodemos - Jo 3,1-8

Havia alguém dentre os fariseus, chamado Nicodemos, um dos chefes dos judeus. À noite, ele foi se encontrar com Jesus e lhe disse: “Rabi, sabemos que vieste como mestre da parte de Deus, pois ninguém é capaz de fazer os sinais que tu fazes, se Deus não está com ele”. Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, te digo: se alguém não nascer do alto, não poderá ver o Reino de Deus!” [...].

Você acerta sempre?

Sempre vi, com alegria e surpresa, que todas as circunstâncias mudam quando abrimos o coração. Pessoalmente, tantas vezes me vi fechado, magoado, desconfiado ou indiferente, mas, no momento em que me esforcei para me superar e abri meu coração, descobri que, quase sempre, minha visão era curta e meu amor limitado. Agradeço essa descoberta com profundidade de alma, pois, todas as vezes em que abri o coração, cresci, descobri novas pessoas e suas riquezas, converti-me um pouco mais e, assim, tornei-me uma pessoa melhor! Quem sabe, hoje, seja a sua vez! Mesmo que seja muito difícil, faça a experiência: abra o coração, aceite, acolha, escute, receba, converse. Não feche seu coração!

SANTO DO DIA

28 ABR - São Luís Maria Grignion de Montfort

São Luís Maria Grignion de MontfortNeste dia, nós contemplamos o fiel testemunho de Luís que, ao ser crismado, acrescentou ao seu prenome o nome de Maria, devido sua devoção à Virgem Maria, que permeou toda sua vida.
Nascido na França, no ano de 1673, de uma família muito numerosa, ele sentiu bem cedo o desejo de seguir o sacerdócio e assim percorreu o caminho dos estudos.
Como padre, São Luís começou a comunicar o Santo Evangelho e a levar o povo, através de suas missões populares, a viver Jesus pela intercessão e conhecimento de Maria. Foi grande pregador, homem de oração, amante da Santa Cruz, dos doentes e pobres; como bom escravo da Virgem Santíssima não foi egoísta e fez de tudo para ensinar a todos o caminho mais rápido, fácil e fascinante de unir-se perfeitamente a Jesus, que consistia na consagração total e liberal à Santa Maria.
São Luís já era um homem que praticava sacrifícios pela salvação das almas, e sua maior penitência foi aceitar as diversas perseguições que o próprio Maligno derramou sobre ele; tanto assim que foi a Roma para pedir ao Papa permissão para sair da França, mas este não lhe concedeu tal pedido. Na força do Espírito e auxiliado pela Mãe de Deus, que nunca o abandonara, São Luís evangelizou e combateu na França os jansenistas, os quais estavam afastando os fiéis dos sacramentos e da misericórdia do Senhor.
São Luís, que morreu em 1716, foi quem escreveu o “Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem”, que influencia ainda hoje, muitos filhos de Maria. Influenciou inclusive o saudoso Papa João Paulo II, que por viver o que São Luís nos partilhou, adotou como lema oTotus Tuus, Mariae, isto é, “Sou todo teu, ó Maria”.
São Luís Maria Grignion de Montfort, rogai por nós!

domingo, 27 de abril de 2014

Amor verdadeiro não se cansa

O verdadeiro amor não desiste de amar. A força que o mantém vivo é a gratuidade. Enquanto continuarmos esperando uma recompensa por nossos gestos de amor, este sentimento será sempre fraco e desiludido. Amor que ama para valer nunca espera nada em troca! Eis a razão de sua força e existência. Com carinho e orações, Seu irmão, Ricardo Sá

EVANGELHO DO DIA

ANO A - DIA 27/04



Jesus aparece aos discípulos - Jo 20,19-31

Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, os discípulos estavam reunidos, com as portas fechadas por medo dos judeus. Jesus entrou e pôs-se no meio deles. Disse: “A paz esteja convosco”. Dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos, então, se alegraram por verem o Senhor. Jesus disse, de novo: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou também eu vos envio”. Então, soprou sobre eles e falou: “Recebei o Espírito Santo. A quem perdoardes os pecados, serão perdoados; a quem os retiverdes, lhes serão retidos”. Tomé, chamado Gêmeo, que era um dos Doze, não estava com eles quando Jesus veio. Os outros discípulos contaram-lhe: “Nós vimos o Senhor!” Mas Tomé disse: “Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos, se eu não puser a mão no seu lado, não acreditarei”. Oito dias depois, os discípulos encontravam-se reunidos na casa, e Tomé estava com eles. Estando as portas fechadas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”. Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado e não sejas incrédulo, mas crê!” Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” Jesus lhe disse: “Creste porque me viste? Bem-aventurados os que não viram, e creram!” Jesus fez diante dos discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.

SANTO DO DIA

27 ABR - Santa Zita

Santa ZitaCom muito carinho e devoção lembramos – neste dia – da santidade de vida de Santa Zita, padroeira das empregadas do lar. Nascida em Lucca (Itália), no ano de 1218, em uma família pobre e camponesa, mas que soube comunicar a ela a riqueza da vida em Deus.
Como simples empregada, sem estudos e cultura, Zita consagrou-se inteiramente ao Senhor, sem deixar sua vida simples. O segredo da espiritualidade desta santa era muito concreto, pois consistia em se questionar se esta ou aquela atitude agradava ou não ao Senhor. Desta forma, abriu-se para a santificação de Deus.
Santa Zita, com vinte anos, foi trabalhar numa família nobre e lá, não deixou de participar em todas as manhãs da Santa Missa na comunidade. Ela ajudava aos pobres e visitava os doentes nos tempos de folga, desta forma conquistou a admiração dos patrões. Conquistou também muitos corações para o Senhor e, merecidamente, o Céu.
Santa Zita, rogai por nós!

sábado, 26 de abril de 2014

Como me manter em paz?

A paz é fruto do Espírito Santo; entretanto, é também resultado de uma conquista diária a partir das escolhas que fazemos. Como é fruto, é preciso prestar muita atenção às sementes que andamos plantando em nosso coração, pois a paz é coisa que começa em nós! Na verdade, por mais dura que seja, a vida é sempre o resultado das palavras, das ações, dos sentimentos e pensamentos que cultivamos. Paz não se improvisa! Depende da qualidade da semente plantada em nossa mente e em nosso coração! Valei-nos, São José! Com carinho e orações, Seu irmão, Ricardo Sá

EVANGELHO DO DIA

ANO A - DIA 26/04



Presença e envio - Mc 16,9-15

Ressuscitado na madrugada do primeiro dia depois do sábado, Jesus apareceu primeiro a Maria Madalena, de quem tinha expulsado sete demônios. Ela foi anunciar o fato aos seguidores de Jesus, que estavam de luto e choravam. Quando ouviram que ele estava vivo e tinha sido visto por ela, não acreditaram. [...] Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos. Ele os criticou pela falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado. E disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai a Boa-Nova a toda criatura!”

SANTO DO DIA

26 ABR - São Pascásio

São PascásioPascásio Radbert foi personagem considerável no seu tempo. Os historiadores da Teologia continuam a mencionar a teoria que ele imaginou para “esclarecer” o mistério da presença de Jesus no Santíssimo Sacramento. Como diplomata, viajou muito entre 822 e 834, para solucionar questões da Igreja e tentar apaziguar os conflitos que punham em campo os sucessores de Carlos Magno.
Era um enjeitado exposto no pórtico de Nossa Senhora de Soissons no fim do século VIII. A abadessa Teodarda, prima direita de Carlos Magno, recolheu-o e educou-o da melhor maneira que pôde. Sempre ele se referiu à sua mãe adotiva com reconhecimento e veneração; apesar disso, deixou-a algum tempo para se lançar em aventuras.
Converteu-se aos 22 anos, e foi então Adelardo, irmão de Teodarda, abade de Corbie, que o recebeu entre os seus monges. Veio a ser um célebre professor, que deu celebridade às escolas de Corbie.
Em 844, os seus colegas de elegeram-no como abade mas, sete anos mais tarde, fizeram uma espécie de revolução que o obrigou a refugiar-se noutra abadia. Não se afligiu. Nascera para ser escritor, e tinha várias obras em preparação: “Que felicidade, dizia, ser lançado nos braços da filosofia e da sabedoria, e poder de novo beber no meu outono o leite das Sagradas Escrituras, que alimentou a minha juventude!”
Mas afinal os monges de Corbie acabaram por o chamar; voltou a viver com eles como simples religioso, edificando-os com os exemplos e continuando a escrever. Aí morreu a 26 de abril de 865.
São Pascásio, rogai por nós!

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Como manter a alma firme?

Mesmo um enfermo pode ser um guerreiro, porque a firmeza da alma independe da fraqueza do corpo. Quando adoecemos ou experimentamos nossas fragilidades, é necessário lembrar que Deus nos fez para que sejamos d´Ele. Portanto, quando estamos impossibilitados de fazer algo, nada muda! Continuamos a ser quem somos e é isso o que importa! Sirva às pessoas com aquilo você é. Elas serão mais engrandecidas do que com aquilo que você poderia fazer por elas! Valei-nos, São José! Com carinho e orações, Seu irmão, Ricardo Sá

EVANGELHO DO DIA

ANO A - DIA 25/04



É o Senhor! - Jo 21,1-14

Depois disso, Jesus apareceu de novo aos discípulos, à beira do mar de Tiberíades. [...] “É o Senhor!” [...] Jesus disse-lhes: “Trazei alguns dos peixes que apanhastes”. [...] Nenhum dos discípulos se atrevia a perguntar quem era ele, pois sabiam que era o Senhor. Jesus aproximou-se, tomou o pão e deu a eles. E fez a mesma coisa com o peixe. Esta foi a terceira vez que Jesus, ressuscitado dos mortos, apareceu aos discípulos.

SANTO DO DIA

25 ABR - São Marcos Evangelista

São João Marcos EvangelistaCelebramos com muita alegria a vida de santidade de um dos quatro Evangelistas: São Marcos. Era judeu de origem e de uma família tão cristã que sempre acolheu aos primeiros cristãos em sua casa: “Ele se orientou e dirigiu-se para a casa de Maria, mãe de João, chamado Marcos; estava lá uma numerosíssima assembleia a orar” (Atos 12,12).A tradição nos leva a crer que na casa de São Marcos teria acontecido a Santa Ceia celebrada por Jesus, assim como dia de Pentecostes, onde “inaugurou” a Igreja Católica. Encontramos na Bíblia que o santo de hoje acompanhou inicialmente São Barnabé e São Paulo em viagens apostólicas, e depois São Pedro em Roma. São Marcos na Igreja primitiva fez um lindo trabalho missionário, que não teve fim diante da prisão e morte dos amigos São Pedro e São Paulo. Por isso, evangelizou no poder do Espírito Alexandria, Egito e Chipre, lugar onde fundou comunidades. Ficou conhecido principalmente por ter sido agraciado com o carisma da inspiração e vivência comunitária, que deram origem ao Evangelho querigmático de Jesus Cristo segundo Marcos. São Marcos, rogai por nós!

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...